quarta-feira, 28 de setembro de 2011

BUNDAS SARADA





GAROTOS DE PROGRAMA...

Diogo
Características
  • Idade:24 anos
  • Altura:1,80 m
  • Peso:80 kg
  • Dote:19
  • Olhos:Castanhos Escuros
Atendimento
  • Locais: Local do Cliente, Motéis
  • Atende:Mulheres, Homens, Casais, 2 ou mais mulheres
  • Com mulheres é:Ativo
  • Com homens é:Ativo
  • Aceita Dotados?-.-
  • Beija na boca?Sim, Mulheres e Homens
  • Fuma?Não
  • Sexo oral:Recebe de mulheres e recebe de homens
  • Especialidades:Massagem
  • Idiomas:Espanhol

Michel Maion
Características
  • Idade:18 anos
  • Altura:1,75 m
  • Peso:73 kg
  • Dote:19
  • Olhos:Pretos
Atendimento
  • Locais:Local Próprio, Local do Cliente, Motéis
  • Atende:Mulheres, Homens
  • Com mulheres é:Ativo e Passivo
  • Com homens é:Ativo e Passivo
  • Aceita Dotados?Sim
  • Beija na boca?Sim, Mulheres e Homens
  • Fuma?Não
  • Sexo oral:Faz e recebe de mulheres e faz e recebe de homens
  • Especialidades:Massagem, Usa Acessórios
  • Idiomas:-.-


Ariam
Características Idade:24 anos
  • Altura:1,80 m
  • Peso:80 kg
  • Dote:20
  • Olhos:Castanhos Claros
Atendimento
  • Locais:Local Próprio, Local do Cliente, Motéis
  • Atende: Homens
  • Com mulheres é:-.-
  • Com homens é:Ativo e Passivo
  • Aceita Dotados?Sim
  • Beija na boca?Sim, Homens
  • Fuma?Não
  • Sexo oral:Faz e recebe de homens
  • Especialidades:Massagem, Sadomasoquismo
  • Idiomas:Inglês, Espanhol, Italiano



segunda-feira, 26 de setembro de 2011

ORGIA















COMO QUISER, AMIGO - RYAN FIELD (HOMO)



COMO QUISER, AMIGO!!
REVISORA: ANGÉLLICA
COLABORAÇÃO: DENNY
GÊNERO: HOMO


Quando um profissional rico, nos seus trinta anos decide que já tinha jogado o suficiente nos bares e internet, ele sai para uma parada de descanso escura e isolada ao longo da interestadual, para algum divertimento e jogos. Embora, ele esteja ansioso e entediado ao mesmo tempo, num primeiro momento as perspectivas que encontra lá são limitadas, logo descobre que está sendo observado muito de perto por um áspero latino, em um caminhão de paisagismo. Em um movimento ousado, completamente fora da personagem, ele tira as calças e sai de seu carro, cruzando o estacionamento para que o latino quente possa ver mais de seu corpo.
O latino está praticamente ofegante, esperando colocar suas mãos sobre o jovem profissional de pernas longas e lisas, mas não lhe ocorreu que o latino pensa que é um prostituto, pensando em fazer um dinheirinho rápido. Pelo menos, não até o latino empurrar um punhado de notas em sua direção sorrindo. No começo, ele se sente chocado e insultado, e depois, quando reconsidera o gesto bruto, sorri e sobe no caminhão, para que possa sentar no colo do menino sujo e dar-lhe mais do que vale o seu dinheiro de diversão.



Nada mais do que um bonito loiro com se traseiro pequeno, exibindo seus produtos ao longo de Santa Monica Boulevard, em sua camiseta branca de marca e jeans rasgado, é o que a maioria das pessoas tende a imaginar quando se pensa em um prostituto masculino consumado. Ele geralmente é magro da despesa de seu dinheiro em drogas, em vez de comida, ele tem pelo menos uma grande tatuagem em seu corpo, e sabe muito bem que só por um pouco de ação com as pernas, ou dobrar o joelho em uma determinada posição, ou a colocar a palma da mão longa e fina em sua coxa, que ele pode atrair toda a atenção que deseja. Tornou-se tão clichê que é quase risível, e se esses caras sabem ou não... Ou se eles se importam... As lúgubres expressões em suas faces podem ser vistas por quilômetros.
Mas nunca ninguém suspeita do cara de colarinho branco em seus primeiros trinta anos, que anseia secretamente com coisas um pouco ásperas e rudes, e que prospera no elemento do perigo. É o cara com o perfeito corte de cabelo e o emprego perfeito como advogado júnior, você nunca vai saber certamente. Ele dirige o carro esporte perfeito para a comida gourmet perfeita do mercado e para comprar o pão de queijo perfeito. Ele paga seus impostos, e vive uma vida responsável, exceto pelo fato de que gosta um pouco demais de um sexo e não tem mais lugares para satisfazer a sua imperfeita necessidade.
Eu sei sobre tudo isso. Isso aconteceu comigo há alguns anos, apenas depois que eu tinha deixado outro bar cansado em Hollywood, ainda com fome real de um homem e cansado de ficar ligado na Internet. Saí do bar e decidi ir ao sul de carro, para uma parada de descanso em um trecho calmo da estrada, que eu ouvi ser um ponto de encontro gay notório. Embora eu nunca fiz esse tipo de encontro antes, o pensamento sempre me intrigou. E eu estava maduro para uma nova aventura. Além disso, qualquer gay
que atingiu a idade de trinta anos e nunca cruzou um parque estadual, uma parada de caminhões, ou um banheiro público, pelo menos, uma vez está claramente perdendo uma experiência interessante. Essa cena não é para todos, mas não deve ser completamente ignorada.
Era uma noite quente no final de junho, e eu estive vagando de cima para baixo. Quando sai fora da estrada e fui para a área de descanso, tomei uma profunda respiração quando vi apenas um carro estacionado em frente ao banheiro e um caminhão de paisagismo vermelho estacionado no final do lote, perto de uma área arborizada que parecia segura, escura e privada. Eu estava tocando os dedos no volante todo o caminho, temendo que todo o lugar estivesse repleto de caras mais velhos pegando suas virilhas e meneando suas línguas. Eu sabia que se via muito ação lá, eu provavelmente passaria pelo lugar todo e iria para casa sozinho.
Olhei para meu relógio, ainda era cedo. Eu suspeitava que mais caras apareceriam conforme a noite avançava. Então, eu fui a um espaço vazio do estacionamento, cerca de três espaços fora do caminhão na paisagem, e decidi sentar-me perfeitamente imóvel por um tempo. Os espaços foram organizados em um pequeno ângulo, então tudo que eu podia ver era a parte traseira do caminhão vermelho. Havia ancinhos e pás fixadas ao lado, e um sinal desapareceu do lado da porta do passageiro, que dizia: "The Everyday Landscaper" em vermelho, branco e azul.
Eu só estava estacionado por alguns minutos, quando notei duas pequenas senhoras de idade com cabelos brancos e bolsas grandes sair do banheiro e ir em direção ao carro estacionado: o único carro, com exceção do meu e do caminhão de paisagismo, na área de descanso toda escura. Elas levaram um tempo... Longo tempo... Para entrar no carro, e partir, e então a condução saiu lentamente na noite quente de verão.
Cerca de 25 minutos se passaram, e ocorreu-me que outro carro não tinha entrado no estacionamento, desde que eu cheguei. Eu estava começando a pensar que tinha sido tudo um desperdício de tempo. E então, quando eu estava prestes a ligar meu carro, a porta do passageiro do caminhão vermelho lentamente se abriu, e um cara latino em seus primeiros vinte anos saiu. Ele não era extremamente alto, mas tinha cabelos negros, pretos, um rosto sexy cinzelado, e pele lisa escura da cor de sorvete. Apesar de ser noite, pude ver que ele estava vestindo uma camiseta regata branca folgada, bermuda, e um par de botas de trabalho, dessas grandes desajeitadas, que ficam melhor à medida que envelhecem.
O homem andou para frente de seu caminhão e cruzou para uma grande lata de lixo na calçada, não muito longe do meu carro. Ele jogou uma garrafa de cerveja vazia no caixote do lixo com um tom cuidadoso; seu braço era magro, mas quando levantou um bíceps grande e redondo apareceu em sua pele morena. Quando ele se virou em direção ao caminhão vermelho, olhou em minha direção por um longo momento. Eu sorri e então rapidamente olhei para o meu colo, enquanto ele me examinava. Apesar de o meu pênis já estar semi-ereto, e esse cara quente em seus vinte e poucos anos, com todas as comodidades do comércio áspero real fosse tentador, eu decidi não olhar para ele por muito tempo. Apenas para ser seguro... Apesar de o meu pênis estar crescendo, o meu coração estava batendo muito rápido, e minhas mãos estavam um pouco trêmulas.
O rapaz caminhou lentamente de volta para seu caminhão e entrou na porta do passageiro na minha frente. O caminhão era tão grande, que eu não poderia tê-lo visto se tivesse do lado do motorista. Ele esticou os braços e dobrou suas mãos, como se estivesse prestes a encostar-se no banco e tirar um cochilo.
Mas então ele olhou em minha direção novamente, abriu a janela, e ajustou os espelhos laterais para que pudesse me ver ali sentado sozinho no meu carro. E foi aí que eu soube que essa seria uma situação de dar e receber. Isso tudo aconteceu tão rápido, e foi a primeira vez que eu já tinha estado em um cenário que exigia jogar o tal jogo. Por um tempo eu simplesmente fiquei lá, olhando para frente, imaginando o que fazer a seguir.
Outros dez minutos se passaram, ele ficava olhando no espelho para ver o que eu estava fazendo. Então eu decidi que se eu quisesse excitar esse cara em tudo, eu tinha que fazer um movimento, também. Eu precisava de um motivo para sair do carro, me inclinei para frente e procurei no chão do meu carro por um pedaço de lixo que eu pudesse jogar na lixeira, e eu felizmente encontrei-o, no meu carro normalmente muito limpo, um envelope branco velho do banco que eu empurrei lá no fim de semana anterior. Por esse tempo, apenas prestando atenção em seu rosto no espelho retrovisor, eu estava quase certo de que ele estava cruzado em mim.
Mas eu não quero estar enganado e fazer os movimentos errados com algum hetero, um cara homofóbico que iria bater o inferno fora de mim. Então eu vim com uma idéia brilhante para mostrar a ele os meus bens, sem colocar o meu traseiro em perigo. Uma coisa era certa: eu não quero jogar muito jogos em um estacionamento escuro.
Eu estava usando um par de jeans de cintura baixa e uma camisa branca com botões naquela noite, eu planejei a coisa toda na minha cabeça primeiro. Eu eliminaria o meu jeans, a cueca preta, minhas meias e meus sapatos. E então, em uma jogada ousada, que eu iria sair do meu carro vestindo nada, mas somente a camisa de botão, atravessaria o estacionamento para frente de seu caminhão, e jogaria o envelope no lixo. Foi o plano perfeito, também. Eu sabia que a camisa iria me cobrir o suficiente, para tudo o que ele poderia ver, seriam minhas pernas.
Se ele não estava flertando comigo, pensaria que eu era apenas mais um cansado viajante tendo uma longa soneca. E se ele estivesse flertando, eu sabia bem demais, que assim que ele começasse a babar perceberia meu corpo bronzeado, pernas sem pêlos andando pelo estacionamento. Eu sempre fui um tanto exibicionista, trabalhando meu corpo na academia além de seus limites, em nada mais que um par de shorts de lycra muito apertados e uma acanhada camiseta, tão cara que podiam me assaltar. Eu sabia, por experiência que sempre parecia atrair os tipos brutos de bandido, como o cara o caminhão de paisagismo.
Enquanto ele estava olhando para frente, eu saí da minha calça, arranquei os meus sapatos e meias, e arranquei minha cueca. Quando abri a porta e levantei uma perna para fora do carro nu, tive que cerrar os punhos, porque minhas mãos estavam à beira da agitação. Em seguida, levantei-me em linha reta, bati minha porta duro para ele me ouvir, e atravessei lentamente para o caixote do lixo, vestindo apenas a camisa branca.
Eu rapidamente olhei em direção ao caminhão vermelho, e com certeza, ele estava olhando para mim: seus olhos estavam arregalados e boca entreaberta, chocado que eu estava andando em um estacionamento público seminu. Eu estava muito certo que eu o tinha na palma da minha mão até lá.
Quando cheguei à lata de lixo, amassei o envelope e fiz uma tentativa de atirá-lo dentro, mas eu errei de propósito. O envelope pousou na calçada ao lado da lixeira. Eu olhei para trás, ele ainda estava observando, e seus olhos estavam ainda mais largos. Então lentamente espalhei minhas pernas e inclinei-me. Quando cheguei na frente do envelope, a camisa puxou para cima e expôs cerca da metade de minha bunda, suave e redonda. Esperando que ele gostasse, eu estiquei meu braço mais do que eu precisava, então a camisa subiu até minha cintura e expus minha bunda inteira, e eu peguei o envelope. Levantei-me novamente em linha reta, alisei a camisa e joguei o envelope no lixo. Meu pênis estava sólido até então, eu o tinha apontando em direção ao meu estômago e pressionado contra o meu lado, por isso não iria ficar de fora.
Quando me virei para trás em direção ao meu carro, ouvi uma voz masculina com um sotaque espanhol. "Ei, amigão, você tem um cigarro?" Voltei-me para o caminhão vermelho com uma expressão inocente no rosto e respondi: “Oh, homem. Desculpe, eu não fumo." Dei de ombros e espalhei meus braços para a camisa. Minha ereção armou uma tenda debaixo da camisa branca. O cara estava praticamente espumando pela boca, ele olhou para minhas pernas como se fossem costeletas de porco, mordendo seu lábio inferior tão duto, que eu podia ver seus dentes. Quando eu vi que ele estava segurando uma cópia do Playmate Magazine, para que eu pudesse ver o modelo feminino nu da capa, eu casualmente desabotoei minha camisa para que ele pudesse ver o meu corpo inteiro. Eu sabia que pelo seu tipo, embora eles fodessem com rapazes, gostavam de se divertir com as revistas masculinas também.
Eu atravessei lentamente de volta para o carro, enquanto ele se sentou e ficou observando para ver o que faria em seguida. Sendo que eu não consegui mostrar muito, eu decidi dar-lhe mais. Eu suspeitava que ele provavelmente já tinha puxado o zíper e começou a acariciar seu pau. Então eu lentamente inclinei sobre o pára-brisa do carro, como se estivesse limpando uma mancha de poeira. Eu fiquei na ponta dos pés e as costas arqueadas todo o caminho. Enquanto eu alcançava através do pára-brisa com os dois braços estendidos, a minha camisa começou a subir, até que foi bem acima da minha cintura. E então eu lentamente espalhei minhas pernas tão vastas, quanto eu poderia fazê-las ir. Eu não poderia ter dito mais claramente Venha amigo, foda meu cérebro, não seja tão tímido. Eu quero esse pau grande e gordo, forte e rápido. Eu também estava contando com o ‘Fator oposto’, quando caras peludos e escuros como este, são atraídos para os caras lisos como eu. Quanto mais escuro são, mais querem louros.
Então eu me levantei de novo e me virei para ver se ele ainda estava interessado. Claro o suficiente, ainda estava olhando, mas agora sua mão grande e escura estava pendurada para fora da janela e balançando no ar, ele parecia estar segurando algo e sinalização para frente e para trás. Em um segundo olhar, percebi que ele estava acenando dinheiro. Meus olhos ficaram mais largos, e inclinei-me um pouco. Eu não saberia dizer quanto, apenas um punhado de notas. Minha cabeça rodou, e então pisquei algumas vezes. Este rapaz pensa que sou um prostituto. Bem.
Primeiro, me ocorreu que ele estava sendo extremamente presunçoso e virtuoso. Eu era um profissional muito respeitado, afinal de contas. Como se atrevia a presumir que nada mais era que um daqueles garotos que alugam e trapaceiam para sobreviver? Mas depois me lembrei de que eu estava lá praticamente nu, arqueando as costas e expondo minha ereção em um lugar público. Então eu sorri e coloquei minhas mãos nos quadris. Inferno, eu estava nos meus trinta e poucos anos, não sabia quanto tempo eu tinha deixado seus olhares no seu corpo, e um jovem paisagista quente nos seus vinte acenava dinheiro para mim. Ele realmente estava disposto a pagar por um pedaço da minha bunda. E então me ocorreu que eu nunca tinha conhecido um estimulante elogio sexy, surpreendente em minha vida.
"Por que você não vem até aqui e entrar por um tempo." disse para mim. Ele bateu as notas na porta do caminhão, algumas vezes, como se me oferecendo a isca. Eu não respondi. Mas eu comecei a caminhar em direção ao caminhão vermelho, deixando a camisa branca deslizar nos meus ombros, para que eu pudesse estar completamente nu diante dele. Minha ereção de vinte centímetros saltou e estremeceu, saindo em linha reta ao aberto. Seus olhos se estreitaram nas minhas pernas, ele apertou os lábios como se estivesse prestes a assobiar. O rapaz olhou com tanta fome, e tão desesperado para conseguir algum traseiro naquela noite.
E eu não quero decepcioná-lo. Eu só estava esperando e rezando para que a polícia não aparecesse, comigo escorando minha bunda nua em torno de uma parada para descanso público, seduzindo um garoto dez anos mais jovem e por dinheiro.
Mas eu estava disposto a correr esse risco, o que torna tudo mais emocionante. Quando cheguei ao caminhão, abriu a porta com a mão direita pelo outro lado, e notei que sua mão esquerda bombeava um grande pau sem cortes, escuro. A cabeça escura era redonda e brilhante, com gotas de pré-sêmen exsudação na abertura. Eu joguei minha camisa no chão do caminhão e no pensamento: Eu estou sendo pago por isso. Que porra é essa? Devo apenas me aproximar mais e começar a chupá-lo agora? Eu poderia ter feito isso; acabado tomando o tão grande pênis bonito na minha garganta e drená-lo completamente.
Mas ele abriu a porta mais larga e chegou a correr sua grande mão na parte de trás da minha perna. Sua mão estava suja, com marcas de terra escura em todos os dedos. Ele parou na minha bunda, e começou a sentir-me com a palma de sua mão áspera. Os calos pesados ​​arranharam minha pele lisa. Mas eu não lhe disse para parar.
Ele disse quando colocou sua mão grande na minha cintura. ”Tenho quarenta, bebezinho, é suficiente? Eu não tenho mais dinheiro.“ Agora ele estava fazendo seu pênis saltar para cima e para baixo por si só, uma provocação impertinente, assim que eu vi como maciço, espesso e duro que era. Claramente, esse cara era um garanhão. Eu sorri, ele ainda pensava que eu era um prostituto. "Como quiser, Amigo." Eu decidi, quanto menos se falar melhor. Presumi que como pessoa ativa não gostava de falar muito, e isso era estritamente comercial.
Ele jogou as duas notas de vinte dólares em minha camisa branca. Em seguida, reclinou sua cadeira até o fim e estava deitado de costas, seu colossal pênis preso em linha reta no ar. Ele chegou para o console central, abriu um pacote pequeno, e colocou um preservativo colorido, num verde-menta. "Entre, e monte no meu pau." ordenou. Ele não queria ter o pau chupado, ou qualquer preliminar que seja, e embora eu teria fumado o charuto gordo por horas, se ele tivesse pedido. Eu só fiz o que ele queria que eu fizesse, a minha meta era agradá-lo e dar-lhe valor ao seu dinheiro. Afinal, ele estava pagando pela minha quase bunda de meia-idade. Eu não queria decepcioná-lo.
Peguei sua mão grande na minha, e ele me ajudou a subir no caminhão e até seu colo. Apertei minhas mãos contra seus ombros largos e abri as pernas para que eu pudesse rodear em sua cintura. Quando eu abaixei minha cabeça e inclinei para a axila, eu sabia que ele não havia tomado banho, desde o início daquela manhã. Cheirava a cebola crua e carne, os meus dedos se dobraram, e eu suspirei. Todos os meus movimentos eram leves e suaves. Quando toquei seu corpo, tenho a certeza de acariciar seus braços fortes, com cuidado. Ele estendeu e com as duas mãos segurando firmemente a minha cintura em uma posição confortável. Eu sabia que ele ia deixar impressões dos dedos sujo. Ele se inclinou um pouco para trás e alcançou em torno de minhas costas para que pudesse pegar seu pau, e bater contra a fenda da minha bunda um par de vezes, e eu com as minhas costas arqueadas. Ele me entregou um tubo de lubrificante e disse: "Aqui, use isto, bebê." Então, ele descansou a cabeça contra o assento e fechou os olhos castanhos para que eu pudesse cuidar dele.
Em primeiro lugar, antes de eu aplicar o lubrificante, eu levantei a camisa suada por cima de seus ombros e expus seu peito grande e peludo. Eu gentilmente esfreguei o dedo, enquanto ele gemia de prazer. Quando me inclinei para frente e lambi os mamilos com a ponta da minha língua, ele respirou fundo e bateu na minha bunda algumas vezes. Então, eu me desfiz de sua bermuda e abaixei até suas pernas cabeludas. Quando elas estavam em torno de seus tornozelos, ele as chutou livres e espalhou as pernas mais amplas. Até então eu podia sentir a ponta do seu pênis bater na abertura da minha bunda, ele estava implorando para entrar. Então, sabendo que ele estava pronto para explodir, eu rapidamente me espalhei com todo o seu lubrificante, montei e em seguida, comecei a trabalhar lentamente até a minha bunda. Eu fiz isso com tanta delicadeza que ele jogou os braços para trás, fechou os olhos, e continuou a gemer.
Então, com um empurrão rápido, eu trabalhei a cabeça de seu pau passado os lábios da minha abertura estreita. Doeu por um segundo, e então eu abaixei meu corpo todo o caminho, até que ele estava totalmente no meu traseiro.
Ele sussurrou: "Oh sim, bebê.” Enquanto eu enterrei meu rosto na sua peluda axila e rolei a minha língua ao redor, cheirando o seu suor e degustando de sua carne vibrante. Eu coloquei minha língua toda para fora, e ele levantou os dois braços no ar para que eu pudesse lamber ambos os braços.
“Monte meu pau bebê." ele confessou, seu sotaque era grosso e uma pouco clara. ”Por favor, monte-o. Eu preciso gozar tão mau.”
Eu sentei no colo dele, arqueado minhas costas, e comecei a cavalgá-lo. Eu transferir a responsabilidade para meu traseiro, para trás e para frente, fui todo o caminho até de joelhos e, em seguida todo o caminho novamente. Meu traseiro bateu contra seu colo peludo, com golpes altos nas descidas. Ele abriu a boca e suspirou, sua língua estava rolando, e seus olhos ainda estavam fechados. Ele gostou muito do que eu estava fazê-lo, me agarrou pela cintura com as duas mãos e começou a me mover mais rápido, obtendo-se com nada, mas o meu traseiro apertado. Apertei o meu domínio sobre o eixo do seu pênis, e começou a gemer mais alto, sua respiração ficava mais forte. Eu levantei meus braços e dobrei minhas mãos em sua nuca, amando cada centímetro de seu pênis enorme. E meu pau estava totalmente ereto, também.
“Ei, você gosta do que esta fazendo, BB." ele perguntou, um pouco surpreso. Quando ele me chamou de ‘Bebê soou como BB. "Você gosta o que eu estou fazendo com você, BB?”
"Oh, sim." eu gemi. Eu comecei a passar meus dedos através dos pêlos no peito, ele apertou minha cintura, muito forte, agora batendo minha bunda em sua virilha tão duro que minha cabeça saltou em todo o lugar.
Ele abriu os olhos e sorriu. "Eu gosto disso, BB... eu posso fazer você se sentir bem de verdade, BB. Você quer gozar também? A maioria dos prostitutos não quer cuidados." Ele mordeu o lábio inferior, e depois apertou minha cintura tão duro que eu sabia que haveria contusões lá no dia seguinte.
E eu respondi: "Sim, homem, e eu estou muito perto também. Você é o melhor, homem...“ Não era uma mentira, ele foi o melhor que eu já tive... até então. Eu abri minha boca, ele bateu-me e me empurrou com tanta força, que eu tive que voltar com uma mão e segurar o painel para manter o meu equilíbrio.
“Agarre o seu pênis, em seguida." disse ele, dando a minha bunda um par de golpes, que nem sei se conseguiria andar. ”e nós dois vamos gozar juntos, BB."
Quando finalmente ocorreu-lhe que eu estava realmente gostando muito, tornou-se determinado a me fazer gozar, também. Como se quisesse me provar que era um prisioneiro real, capaz de comandar e ter o completo controle, me trazendo de joelhos.
“Monte meu pau, forte BB." ele sussurrou. Eu não me preocupei em deixar ele saber que realmente não tinha que trabalhar tão duro, ele era um garanhão de verdade, e apenas ter o seu pau enchendo meu corpo, me trouxe para perto do orgasmo. Mas o esforço extra que ele fez, certamente não iria fazer-me queixar.
Trabalhando meu próprio pau, ele começou a me foder mais forte que podia, com um ritmo e batendo como eu nunca tinha conhecido. Esse cara era melhor do que os dois seguranças, que uma vez me fodeu sobre o capô do meu carro atrás de uma boate, e era muito mais forte do que eles, o levantador de peso que eu tinha conhecido na necessidade poucos meses antes, que pegou no meu pau. O cara do paisagismo com sua pélvis abaixo de mim com um ritmo equilibrado, constante, batia firme o que me lembrou uma valsa, ele repetia: um, dois, três... bang, um, dois, três...bang.
Eu apertei a minha bunda tanto quanto possível, e ele fodeu mais e mais rápido. Até nem um de nós não aguentava mais, e ambos alcançaram o clímax ao mesmo tempo. E quando ele atirou sua carga, batendo seu pênis até agora no meu traseiro, eu pensei que poderia sair do meu peito. Ele gritou: "Foda, bebê, Sim!“ Sua voz era profunda e forte até então, ele não estava preocupado que a gente estava transando em um estacionamento público.
Mais do que isso, uma fração de segundo depois de jorrar nossas cargas, isto realmente voou sobre a cabeça e bateu no banco de trás do caminhão. Ele sorriu e fez um movimento rápido e desajeitado, ajustando-se no assento, e eu ainda estava agarrado ao seu pênis. Com as pernas bem mais amplas, seu pau estava mais profundo em minha bunda e batendo novamente a minha próstata, eu senti outro orgasmo chegando. "Nossa, cara, eu estou gozando de novo." eu gritei.
Segurei seus ombros fortes, e meus olhos começaram a rolar. "Vá, bebê." disse ele, e começou a me foder novamente. Seu pau ainda estava duro, ele beliscou meus mamilos e apertou os músculos do meu peito com os dedos sujos. Eu atirei uma outra menor carga, por todo o seu peito.
Eu acho que ele gostou de me ver gozando duas vezes: continuou sorrindo e acenando com a cabeça como se estivesse torcendo por mim na linha de chegada. Esse cara era um animal real.
Quando o meu corpo relaxou novamente após o segundo orgasmo, ele colocou ambas as mãos nas bochechas da minha bunda e apertou com força. "Você tem algum traseiro ainda, BB. Vale mais do que quarenta dólares, mas isso é tudo o que tenho comigo. E pensar que eu estava apenas indo gozar sozinho hoje, com a revista." Ele pegou a revista ao lado dele e lançou-o no banco de trás, como se fosse lixo. E eu disse, ainda recuperava o fôlego. "Quando você quiser." Mas eu estava pensando, eu lhe teria dado mil para uma foda assim, animal. Inclinei-me e beijei seu pescoço áspero. Era pesado com restolho, espesso e escuro, eu estiquei a minha língua e delicadamente lambi todo o caminho até seus mamilos, onde eu havia depositado as gotas de esperma. Eu o deixei completamente limpo de seu peito, ele não tinha necessidade de limpar-se com um tecido; Eu queria fazer isso para ele.
E quando eu lentamente limpei o peito com a minha língua, ele colocou as duas mãos em cima da minha bunda e foi aos lábios. Cada vez que eu lambi e engolia, sorriu e esfregou minha bunda.
"Essa é uma boa BB." ele disse: "Você gosta do jeito que saboreio, não é?"
"Eu quero que você pague o dinheiro que vale, é tudo." disse eu.
"Ah, bem, isso é bom, BB." ele sussurrou.
Eu sorri, e depois me levantou do seu pênis. E estranhamente suficiente, quando ele saiu, eu ainda podia sentir o monstro dentro de mim. Eu sabia que ia ter esse sentimento por um par de dias, se não mais.
Ele agora estava deitado de costas, e eu ainda estava em cima dele, com minhas pernas dobradas na altura dos joelhos e as costas arqueadas, ainda assim eu continuei o olhar tão sexy quanto possível. Cheguei de volta entre as pernas, puxei fora o preservativo usado e joguei-o em um recipiente de lixo que estava pendurado no câmbio. Então eu segurei seu pau semi-ereto na palma da minha mão direita e comecei a massageá-lo, delicadamente cada última ordenha gota de esperma. Olhei para cima e ele sorriu, e depois foi tudo quando desci, chupando seu pau na minha garganta, e drenando as últimas gotas de esperma de seu corpo.
"Tenho certeza de que gosta disso, bebê." disse ele, agindo como um grande garanhão orgulhoso.
"Eu comi o meu quinhão de você, mas eu nunca vi ninguém que gostasse tanto de ser fodido quanto você." Então ele mordeu o lábio inferior e me deu outro tapa bruto na bunda.
"Eu acho que sim." eu disse. Então eu ordenhava mais duro, sabendo que eu tinha toda a energia, enquanto seu pau ainda estava na minha mão.
"Você é diferente, não é como o resto deles." disse ele, esfregando as coxas. "Por que isso?" Eu perguntei. Eu estava embaraçado, mas ainda apreciando suas grandes mãos fortes em cima de mim.
"Na maioria das vezes é como os meninos que fazem isso por dinheiro estão fazendo um favor a você, e você está pagando por isso. Mas com você é bom... adora um pau, BB. Não é um ato. Isso é bom."
"Você não é ruim mesmo." eu disse. "Você sabe o que fazer com seu pau grande. Não é como a maioria dos caras que eu estive por aí."
"Vem cá." disse ele. Ele puxou meus lábios nos dele, agarrando minha nuca com firmeza. Então, ele inseriu a sua língua grossa na minha boca. Quando minha língua encontrou a sua, eu poderia provar a cerveja velha em sua saliva e a barba áspera arranhando meu queixo. Ele deu um daqueles desleixados beijos molhados, coloquei minha língua todo o caminho e o deixei fazer o que queria com ela.
"Eu tenho que estar em movimento, BB, e você tem que colocar suas calças escondidas." ele disse após o beijo. "Mas com certeza valeu a pena. Pensei que iria explodir quando atravessava o estacionamento com essa bunda bonita. Eu queria sair e transar ali mesmo na calçada.”
"Você pode me ver caminhar de volta para o meu carro?" perguntei, agarrando minha camisa e os quarenta dólares. Eu me virei para a janela e olhei ao redor do estacionamento para ter certeza de que ainda estávamos sozinhos. Então eu abri a porta do carro e caminhei lentamente de volta ao meu carro. Eu arrastei minha camisa no chão enquanto ele observava, eu ainda me sentia cheio com o seu pau marrom escuro; cheirando como se a escola inteira do time de futebol tinha acabado de me foder.
Ele ligou o caminhão e saiu de sua vaga no estacionamento. "Talvez eu veja você por aí outra vez." gritou pela janela aberta, seus olhos escuros amendoados ainda estavam colados na minha bunda.
Eu sorri e abri as pernas para ele uma última vez. "Como quiser, Amigo." Mas eu nunca iria vê-lo novamente. E isso não me impediu de prosseguir parte do meu tempo, o segredo de minha carreira como um aproveitador do sexo masculino. Daquela noite em diante, sempre que eu sentia o desejo... Geralmente cerca de três vezes por mês... Eu entro no carro e vou espreitar áreas de paradas públicas, salões de homens e paradas de caminhões, procurando pelos homens que estão dispostos a pagar-me para o sexo. E todo o dinheiro que recebo vai para doação, anonimamente, para uma instituição de caridade que ajuda jovens com problemas: prostitutas reais que são obrigadas a chupar pau para sobreviver. E uma espécie de casa de passagem, em Hollywood, por jovens rapazes que conhecem as ruas muito bem.
Mas a única coisa que ainda me surpreende até hoje é quão agradecidos os caras são, quando eles me pagam por algo que eu gosto demais.
Mesmo os três caras da faculdade bêbados, que eu chupei na outra noite em um banheiro não poderiam me agradecer o suficiente, já que cada um entregou mais de cinquenta dólares. Talvez seja porque os caras gostam do fato, de que eu gosto tanto deles, que eu só estou querendo agradá-los, e que eu sei o suficiente para manter minha boca fechada. Todos eles tende a dizer: "Chupa meu pau.”, ou “Incline-se e deixe-me foder sua bunda.”, e eu vou e respondo: "Como quiser, Amigo."

Fim

ADAM KILLIAN





























Marcadores

8TEENBOY (1) ABE (SC) (1) ABELE PLACE (2) ADAM ARCHULETA (1) ADAM CHAMP (3) ADAM HERST (1) ADAM KILLIAN (93) ADAM LANDRY (1) ADAM RUPERT (1) ADAM RUSSO (1) ADAM WIRTHMORE (1) ADDISON GRAHAM (7) ADI HADAD (2) ADORO (2) ADRIAN HART (2) ADRIAN II (SC) (2) ADRIAN LONG (1) ADRIAN TOLEDO (5) ADRIANO CARRASCO (4) AIDAN (16) AIDEN (26) AITOR CRASH (2) ALEC LEDUC (9) ALEN (SC) (1) ALEX CHRISTIAN (1) ALEX MARTE (20) ALEX VAARA (3) ALEXANDER GARRET (1) ALEXANDER GREENE (1) ALEXSANDER FREITAS (5) ALEXY TYLER (14) ALLEN KING (4) Alpha Male Fuckers (13) AMADOR (12) Amateur College Sex (6) American College Sex (9) ANDRES MORENO (3) ANDREW BLUE (5) Andrew Christian (1) ANDREW JAKK (3) ANDREW STARK (17) ANDY III (SC) (1) ANDY TAYLOR (1) ANGEL DIABLO (2) ANGEL ROCK (48) ANGEL SANTIAGO (1) ANGELO (4) ANGELO ANTONIO (2) ANGELO MARCONI (11) ANTHONY ROMERO (8) ANTONIO GALVAN (1) ARIEL VANEAN (1) ARIES (CM) (1) ARPAD MIKLOS (2) ARTHUR II (SC) (1) AUSTIN (11) AUSTIN CHANDLER (1) AUSTIN MERRICK (2) AUSTIN WILDE (6) AUSTIN WOLF (21) AVERY (CF) (2) AVI DAR (2) BAD PUPPY (2) BAFÃO (2) BAIT BUDDIES (1) BANG BANG BOYS (29) BEAU FLEXXX (1) BEL AMI (63) BEN BROWN (6) BEN ROSE (12) Bentley Race (9) BIG DADDY (7) BILLY SANTORO (4) BIMAXX (1) BISSEXUAL (23) BLAKE II (CF) (2) BLAKE III (SC) (2) BO DEAN (2) BOBBY CLARK (5) BRADEN CHARRON (7) BRADLEY (CF) (1) Brady Jensen (21) BRANDON III (SC) (8) BRANDON JONES (5) BRANDON LEWIS (1) BRAVO DELTA (3) BRENO SOARES (7) BRENT (SC) (2) BRETT SWANSON (16) BROCK AVERY (3) BRODIE (SC) (2) BrokeStraightBoys (3) BROOKS (SC) (1) BRUNO KNIGHT (2) BRYCE EVANS (2) BRYCE III (SC) (1) BRYCE STAR (8) BRYCE TUCKER (3) BUNDA (37) BUNDAS (19) BUTCH DIXON (8) CAIN (SC) (1) CALEB COLTON (1) CALEB STRONG (6) CALVIN PIERCE (1) Cameron Foster (10) CAMERON II (CF) (2) CARLO COX (1) CASTRO GOMES (3) CAYDEN ROSS (9) CAZZO (2) CHANDLER (CF) (3) CHAOSMEN (47) CHARLIE (SC) (1) CHARLIE HARDING (10) CHASE YOUNG (5) CHIP YOUNG (2) CHRIS BINES (7) CHRIS DANIELS (4) CHRIS ROCKWAY (34) CHRIS TYLER (2) CHRISTIAN POWER (9) CHRISTIAN SHARP (1) CHRISTIAN WILDE (7) CHRISTOPHER DANIELS (1) CHUPETAS (1) CIRCLEJERKBOYS (2) CJ MADISON (1) CLUB INFERNO (1) COCKSUREMEN (73) COCKY BOYS (47) CODY CARTER (1) Cody Cummings (24) Colby Jansen (22) COLBY KELLER (7) COLE CHRISTIANSEN (1) COLE MARKUM (2) COLEMAN (SC) (2) COLIN BLACK (6) COLIN HEWITT (1) COLLIN THOMAS (1) Colt Studio (14) CONNOR (10) CONNOR KLINE (12) CONNOR KLINE ( BRICE ) (5) CONNOR MAGUIRE (7) CONSOLO (19) CONTOS (38) COOPER II (CF) (3) COOPER REED (2) CORBIN FISHER (105) COROAS (6) COROAS X TEEN (43) CORT (4) CRUZ (CM) (4) CY (CM) (1) D.O (53) DALE COOPER (5) DAMIEN CROSSE (49) DAN DARLINGTON (2) DANI DEMON (3) DANIEL III (SC) (5) DANIEL JOHNSON (1) Daniel Marvin (24) DANIEL STAR (1) DANIELE MONTANA (2) DANTE FERRARO (1) DARIO BECK (1) DARIUS FERDYNAND (1) DARREN RAMOS (1) DATO FOLAND (5) DAVID ANTHONY (4) DAVID DIRDAN (5) DAVID III (SC) (1) DAVIDENKO LOPEZ (1) DAWSON (CF) (6) DE CUECA (3) DEAN MONROE (16) DEAN SKYE (3) DEMIAN HOLT (2) DENIS VEGA (1) DEREK ATLAS (27) DEREK PARKER (11) DEREK RASER (16) DESENHOS GAY (9) Diego e Wagner (46) DIEGO SANS (30) DILLON ROSSI (2) DIRTY TONY (2) DIXON (CF) (1) DNA (9) DOMINIC BROWN (1) DOMINIC JONES (1) DOMINIC PACIFICO (7) DominicFord (15) DONATO REYES (32) DONNY WRIGHT (3) DOTADOS (22) DOUG ACRE (1) DP (39) DRAGO LEMBECK (1) DRAKE WILD (1) DRILL MY HOLE (7) DUNCAN BLACK (19) DYLAN LUCAS (3) DYLAN ROBERTS (4) EASTON (CF) (1) EDDIE CAMBIO (1) EDIN SOL (1) EDJI DA SILVA (5) EDU BOXER (1) EMANUEL BRAZZO (1) ESTEBAN DEL TORO (1) EVAN MERCY (1) FABIO LOPEZ (1) FABIO STALLONE (3) FACEBOOK (13) FALCON STUDIOS (22) FALCONSTUDIOS (6) FAMOSOS (22) FELIX BRAZEAU (7) FELIX WARNER (2) FERNANDO TORRES (5) FLORIAN NEMEC (1) FOTOS GAY (223) FRANCESCO D´MACHO (7) FRANCO (2) François Sagat (4) Fratmen Sucks (8) FREDERIC DURIS (1) G MAGAZINE (18) GABE RUSSEL (1) GABRIEL CLARK (6) GABRIEL CROSS (12) GABRIEL FERRARI (1) GAROTO DE PROGRAMA (100) GAROTOS DE PROGRAMA (123) GAY CASTINGS (4) GAY CREEPS (1) GAY FOTOS (96) GAY ROOM (11) GINO MOSCA (5) GIO CRUZ (4) GLENN (CM) (2) GLENN (SC) (1) GOGO BOY (21) GORAN (7) GRAYSON (CF) (4) GUYS IN SWEATPANTS (3) HAIGEN SENCE (10) HANS BERLIN (1) HARDBRITLADS (2) HARLEY (CF) (1) HARLEY EVERETT (8) HARPER (CF) (1) Harry Louis (8) HAYDEN COLBY (7) HAYDEN LOURD (2) HELIX STUDIOS (10) HETERO (25) HIGH PERFORMANCE MEN (5) História em Quadrinhos (8) HOMENS (2) HOMENS NU (128) HONZA PICHAK (1) HOT DADS HOT LADS (1) HOT HOUSE (27) HUNTER III (CF) (2) HUNTER PAGE (4) INTERRACIAL (56) IRMÃOS ROSSO (7) ISSAC JONES (16) ItsGonnaHurt (4) IVAN LENKO (2) IVO KERK (1) JACE CHAMBERS (1) JACK CRUISE (42) JACK HARRER (5) JACK KING (23) JACK MACKENROTH (1) JACKSON (CF) (2) JAKE ANDREWS (4) JAKE BASS (13) JAKE BOLTON (1) Jake Cruise (20) JAKE GENESIS (43) JAKE II (SC) (1) JAKE WILDER (1) JALIL JAFAR (1) JAREK (SC) (3) JARRETT REX (2) JASON PITT (1) JAXTON WHEELER (11) JAY ROBERTS (20) JAY STONE (2) JAYDEN II (SC) (3) JAYDEN TYLER (6) JD PHOENIX (8) JEAN FRANKO (5) JEAN-DANIEL CHAGALL (1) JED ATKINSON (2) JEFFREY BRANSON (2) JEREMY STEVENS (9) JEREMY WALKER (2) JESSE SANTANA (12) Jessie Colter (20) JESSY ARES (36) JETT BLACK (2) JIM KEROUAC (2) JIMMY CLAY (11) Jimmy Durano (19) JIMMY JOHNSON (9) JizzORGY (5) JOCKS STUDIOS (2) JOE CLARK (3) JOE PARKER (1) JOEY BANKS (1) JOEY COOPER (3) JOHN MAGNUM (12) JOHN PAVEL (1) JOHNNY HAZZARD (6) Johnny Rapid (54) JONATHAN AGASSI (5) JORDAN (CF) (2) JORDAN (CM) (1) JORDAN LEVINE (22) JORDANO SANTORO (5) JOSH CONNERS (4) JOSH LONG (1) JOSH WEST (1) JOSHUA (SC) (1) JR BRONSON (5) JUNIOR (1) JUNIOR STELLANO (1) JUSTBOY GAY (75) JUSTIN CRUISE (5) JUSTIN KING (2) JUSTIN OWEN (4) KAI MADISON (2) KANE GRIFFIN (1) KANE O'FARREL (1) KAYDEN GRAY (8) KELLAN (CF) (2) KELLAN PARKER (2) KENNEDY CARTER (1) KENNY (CF) (1) KENT (CF) (1) KEVIN CROWS (1) KEVIN FALK (24) KEVIN LENGYEL (1) KEVIN WARHOL (5) KEYLAN O´CONNOR (1) KRIS EVANS (14) KRIS JAMIESON (12) Kristen Bjorn (42) KRISTOPHER (CM) (2) KURT VON RYDER (1) KURTIS WOLFE (2) KYLE KING (5) KYLE QUINN (1) KYLER BRAXTON (1) LANCE ALEXANDER (2) LANCE LUCIANO (5) LANDON CONRAD (48) LANDON STONE (1) LANE(CM) (1) LATINOS (94) LAWSON KANE (1) LEO DOMENICO (32) LEVI KARTER (2) LEVI MICHAELS (1) LIAM MAGNUSON (5) LIEV (SC) (1) LINK (99) LOGAN ROGUE (4) LOGAN VAUGHN (6) LORENZO GRAY (1) LOUROS (11) LUCAS ENTERTAINMENT (157) LUCAS FOX (4) LUCAS KAZAN (10) LUCAS PRIBYL (1) LUCIO SAINTS (17) LUCKY DANIELS (1) LUKAS (2) LUKAS RIDGESTON (6) LUKE HASS (1) MAIKEL CASH (1) MAKE-UP-SEX (1) MALACHI MARX (4) MALAS (1) MAN AVENUE (1) MAN ROYALE (6) MANIFEST MEN. (1) MARC DYLAN (14) MARC II (CF) (4) MARCO RUBI (1) MARCO SESSIONS (1) MARCUS ISAACS (2) MARCUS MOJO (15) MARCUS RUHL (42) MARIO COSTA (1) MARIO TORREZ (1) MARKO LEBEAU (16) MARTEEN (1) MASON STAR (1) MATHEW MASON (7) MATT CASTRO (1) MATT STEVENS (2) MAVERICK MEN (4) MAX CARTER (1) MAX CHANDLER (1) MAX LEO (1) MAX LONDON (2) MAX RYDER (1) MAXIMILLION KONG (1) MEN AT PLAY (91) MEN OF MONTREAL (36) MEN.COM (215) MENOF U.K (9) MENOVER30 (7) MEYER (CF) (1) MICAH BRANDT (1) MICHAEL LUCAS (3) MICHEL RUDIN (1) MICK LOVELL (1) MIKE DE MARKO (9) MILOS ZAMBO (17) MISHA DANTE (2) MITCH BRANSON (1) MITCH II (SC) (1) MITCH VAUGHN (6) Mitchell Rock (15) NEGROS (2) NEXTDOOR BUDDIES (17) NEXTDOOR MALE (12) NEXTDOOREBONY (3) NICCO SKY (10) NICCOLAS DE LUCAS (4) NICK STERLING (3) NICOLAS POTVIN (3) NOEL II (SC) (1) NOVINHOS (19) ORGIA (30) Out In Public (30) PADDY O'BRIAN (55) PARKER LONDON (6) PATRICK DUNNE (4) PAU CASSERRAS (1) PAUL WAGNER (1) Paul Walker (28) PAVEL (SC) (2) Pedro Andreas (17) PELUDOS (12) PHENIX SAINT (17) PHILIP FUSCO (5) PHILLIP AUBREY (12) PIERRE FITCH (15) POWER MEN (1) PRESTON STEEL (1) QUINN II (CF) (3) RACE COOPER (1) RADIM HAJEK (2) RADO ZUSKA (33) RAFAEL ALENCAR (17) RAFAEL CARRERAS (5) RAGING STALLION (57) RANDY BLUE (290) RANDY III (SC) (1) Raphael Cedano (8) REED (CF) (1) REESE RIDEOUT (22) REX SILVER (1) Ricardo Studenroth (2) RICH KELLY (1) RICHARD II (SC) (1) RICHARD PIERCE (1) RICK LAUTNER (1) RICKY RAMON (3) RICKY SINZ (10) RILEY BANKS (4) RILEY PRICE (2) RIPLEY (CF) (1) ROBERT AXEL (1) ROBERT CRAIG (2) ROBERT VAN DAMME (13) ROBIN SANCHEZ (10) ROCCO REED (33) Rod Daily (20) ROGAN RICHARDS (58) ROGER LAMBERT (1) ROMAN TODD (1) ROMEO ALFONSO (5) RUDY (CF) (2) RYAN KUTCHER (1) RYAN ROCKFORD (5) RYAN RUSSELL (1) RYAN STACK (2) SAMSON STONE (1) SAMUEL ARSENEAU (1) SAMUEL COLT (5) SAMUEL O TOOLE (6) SANTORO (CM) (2) SARADOS (61) SCOTT CARTER (3) SCOTT DEAN (1) SCOTT HUNTER (5) SEAN (CF) (2) SEAN DURAN (2) SEAN ZEVRAN (8) SEANCODY (68) Sebastian Young (12) SETH TRESTON (2) SHAWN WOLFE (1) SHAY MICHAELS (11) SIUTE 703 (1) SKYLAR WEST (4) SLATE STEELE (3) SMITH II (CF) (1) SOLO (26) SOLOMON (14) SPENCER FOX (8) SPENCER II (SC) (3) SPENCER REED (11) SPIRO (CM) (1) STAG HOMME (1) STAXUS (19) STEFAN (NDM) (1) STEVE GRAND (1) STEVE VEX (1) Str8-To-Gay (8) STU (SC) (3) SUITE 703 (12) SWEET AND RAW (2) SWNude (6) TANNER II (CF) (2) TANNER II (SC) (7) TATE RYDER (10) TATUADOS (6) TATUM (CM) (1) TAYLOR (SC) (1) TAYLOR SCOTT (1) THEON (SM) (5) TIMO DYLAN (1) TimTales (12) TITAN MEN (2) TIZIANO FUENTES (8) TOBIN (CM) (3) TOBY (CM) (1) TOBY DUTCH (2) TODD ROSSET (1) TOM FAULK (2) TOMAS BRAND (26) TOMAS FRIDEL (17) TOMMY DEFENDI (15) TONY CAPUCCI (2) TONY FALCO (11) TONY PARADISE (8) TONY RIVERA (3) Topher DiMaggio (37) TRACE MICHAELS (1) Travestis (24) TRAVIS JAMES (12) Trenton Ducati (67) TREVOR KNIGHT (2) TREVOR PARKS (1) TREY (CF) (3) TREY TURNER (4) TRIO (4) TRISTAN JAXX (2) TROCA-TROCA (1) TROY HAYDON (1) TRYSTAN BULL (16) TY RODERICK (32) TYLER HUNT (6) TYLER SLOAN (1) Tyler Sweet (13) TYSON TYLER (4) UKNAEDMEN (43) UKSCALLYLADS (1) UNDIETWINKS (1) VALENTIN PETROV (5) VANCE CRAWFORD (9) VANDER (CM) (2) VARIADOS (143) VICENT DESALVO (1) VIDEO BOYS (6) VIDEOS GAY (54) Vince Ferelli (6) VITO GALLO (11) WAY B (3) WAY BIG (775) WILFRED KNIGHT (1) WILL BRAUN (2) WILL HELM (12) WILLIAM HIGGINS (19) WILLIAM LEVY (2) WOODY FOX (1) YADIER RODRIGUEZ (2) YOULOVEJACK (1) ZAIKEL FERRARI (1) ZANE PORTER (2) ZEB (CF) (11) Zeb Atlas (13)

Minha lista de blogs